Flauta Transversal – Bansuri Bambu Especial Castanho

    1 avaliação
    5.00 out of 5

    A partir de R$ 150.00

    Limpar
    Calcular Frete CFPP
    Forma de envioCusto estimadoEntrega estimada

    O Bansuri (hindi: बांसुरी) (Bangla: বাঁসুরী) é uma flauta alta transversal nativa da Índia, Paquistão, Bangladesh e Nepal, feita de um único pedaço de bambu com seis ou sete buracos abertos. Um antigo instrumento musical associado aos vaqueiros e à tradição pastoril, está intimamente ligado à história de amor de Krishna e Radha, e é retratado em pinturas budistas de cerca de 100 dC. A palavra Bansuri origina-se do sânscrito [bambu] + swar [nota musical].

    O Bansuri é o instrumento divino do Senhor Krishna e está esotericamente associado ao despertar espiritual ou ao chamado de Deus para seus devotos. Histórias retratam o Bansuri de Krishna tendo um efeito encantador não apenas sobre as mulheres do vrindavan, mas também sobre os animais da região.

    O Bansuri é um dos melhores instrumentos para expressar as sutilezas emocionais dos Raagas hindis, os tons puros e ricos do Bansuri são como uma oração contínua, com a capacidade de acalmar profundamente e abrir os corações do ouvinte e do flautista.

    O movimento dos Bansuris na música clássica indiana foi relativamente recente, pt. Pannalal Ghosh (1911-1960) foi pioneiro nas versões de baixa intensidade de Bansuri e trouxe o instrumento de um instrumento folclórico para o palco da música clássica séria. O Bansuri, desde então, foi ainda mais elevado pelo brilhantismo de renome mundial da PT. Hariprasad Chaurasia. O Bansuri é parte indispensável da música clássica hindustani há mais de meio século.

    Fazer flautas de Bansuri é uma bela arte. O bambu adequado para fazer um Bansuri precisa possuir muitas qualidades. Deve ser de paredes finas e retas com uma seção circular uniforme. O Bansuris deve estar livre de nós, portanto, o bambu selecionado precisa de espaços longos entre os nós. Sendo um material natural, é difícil encontrar eixos de bambu com todas essas características, o que, por sua vez, torna bons bansuris raros e caros.

    Nossas flautas são criadas de forma artesanal com amor e dedicação. As fotos que vocês estão vendo no site servem de referência para você encomendar sua nova flauta. Faremos o possível para que sua encomenda fique o mais fiel possível à foto, porém cada bambu tem um toque especial, as cores dos fios, contas, penas, pintura personalizada podem ter pequenas variações. Trabalhamos com o Bambu que é um material vivo, orgânico, portanto a afinação é sensível a temperatura e umidade. Fazemos a afinação em duas etapas para ter certeza que fique o melhor possível e testamos as oitavas. A primeira afinação é a quente e depois o ajuste fino a frio. Antes de enviar a flauta nós gravamos um vídeo para aprovação. O prazo de produção é de 15 a 30 dias a partir da confirmação do pagamento.

    • Não deixar exposta ao sol, guardar sempre em local seco longe da umidade e calor.
    • Não deixar cair no chão ou bater as pontas.
    • A cada 3 meses passar óleo vegetal no interior da flauta (amêndoa, linhaça, gergelim, azeite, tungue…). Se o local for muito úmido ou muito seco, passe óleo uma vez ao mês.
    • Não passar produto de limpeza, alvejantes ou óleos na parte externa, apenas pano seco ou levemente umedecido com água.
    • Após uso, secar o interior da flauta.

    A afinação pode variar em função da umidade e temperatura. Seque bem a boca ao soprar, procure não salivar. Procure fazer a digitação da escala devagar no início do grave para o agudo e do agudo para o grave até sentir segurança para fazer cada vez mais rápido, sinta sua respiração e ritmo interno, sopre uma nota de cada vez e busque o melhor intervalo na passagem das notas. O movimento de digitação da escala é linear, ao fazer a escala do grave para o agudo, (com todos os furos fechados) levanta-se um dedo de cada vez e mantém para não cobrir o furo.

    Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
    WhatsApp