A flauta transmite a elemental, misteriosa essência da natureza, alguma coisa invisível, penetrante, em todos os lugares e em lugar nenhum, que se apodera de nós.

A Flauta Nativa é um instrumento muito fácil de tocar. Mesmo que você não saiba nada sobre música, ficará surpreso com o que você poderá fazer em um curto espaço de tempo, com pouca prática. Você só precisa de “coração”, e você vai viver uma experiência transformadora.

Tudo na Terra vibra, tem ritmo, som e uma música própria, quando descobrimos o canto penetramos a magia do encanto, criamos relação e ressonância com a essência. Você também tem uma música, ela está dentro de você, sinta e deixa fluir, só precisa de coração!

Em muitas culturas anímicas, xamânicas, a música dos instrumentos de sopro, são seres independentes, que foram entregues por ancestrais divinos para cumprir funções específicas em invocações, rituais, cerimônias, festas… O som do sopro é o som ancestral dos espíritos dos ventos. Somos veículo para manifestar a presença de algo maior, e assim, manifestamos com graça e beleza vozes ancestrais da natureza de todos os tempos. Com esta intenção, reverência, humildade e honra que devemos nos aproximar desses instrumentos, deixando o ego fora, será possível ouvir o sopro da nossa alma.

A flauta nativa é um instrumento que nos conecta rapidamente ao sopro ancestral, trazendo quietude para a alma, sentimentos de paz, harmonia, ressonância com a natureza, estado meditativo, contemplativo com a Mãe Terra e conexão com o Grande Mistério. É impressionante, quando começamos a tocar a flauta, aos poucos, passamos a valorizar o silêncio, os intervalos e intuitivamente despertamos para uma escuta verdadeira, ativa e conectada com o silêncio Primordial, de onde todo som nasce e voa, nas ondas dos ventos desde o princípio dos tempos.

Uma criança pode aprender qualquer idioma tranquilamente estando em sua origem, pois a linguagem torna-se natural, a musicalidade é natural no ser humano, podendo ser desenvolvida ou não. Com os instrumentos originários (nativos), fica mais fácil conectar-se com a nossa matriz ancestral e resgatar nossa autoexpressão musical, como tambores, chocalhos, flautas, entre outros.

Meu encontro com as Flautas Nativas, mudou minha relação com a música, possibilitou a autoexpressão por meio de uma segunda voz capaz de criar e expressar de modo simples e assombroso, sentimentos que vibram diretamente da alma, sensações que pairam num espaço sutil onde habitam palavras indizíveis. Em nossa cultura com base nas tradições musicais europeias, a Flauta Nativa assume o lugar de Flauta de Cura. Sua simplicidade e assombro nos convida a voar numa era musical antes do conceito de “música certa” e “música errada”, num lugar onde a música era para autoexpressão em vez de performance, exibição ou entretenimento.

Com a Flauta Nativa, podemos nos desligar dos condicionamentos musicais arraigados em nossa cultura do “certo” e “errado”, e descobrir a magia da música improvisada. Com a Flauta Nativa, não cabe o pensamento de notas certas e erradas, a ideia é criar uma intimidade com a flauta ao ponto em que os dedos deslizem sem pensar e a música se torne uma extensão expressiva da respiração. Ao tocar uma Flauta Nativa, você sentirá o efeito mágico e poderoso que sua simplicidade e som envolvem as pessoas e a você mesmo, ainda que considere que seu improviso tenha sido imperfeito ou inexperiente. Todos nós possuímos o direito de compartilhar nossa vibração e ser ouvido, e com a Flauta Nativa, podemos resgatar este direito, além de ter a oportunidade de comunicar nossas emoções em ressonância com as outras vibrações do Universo.

Benefícios da Flauta Nativa

  • Relaxamento imediato
  • Escuta Ativa e Aguçada
  • Consciência Respiratória
  • Aumento da Capacidade Respiratória
  • Harmonização 
  • Serenidade
  • Equilíbrio
  • Silencia a Mente
  • Alívio de dores físicas
  • Alívio de dores emocionais
  • Bem estar imediato
  • Estado de Presença
  • Desperta Criatividade

Aplicações para Flauta Nativa

  • Integrativa com Terapias Holísticas
  • Banhos / Massagens Sonora
  • Trabalhos com Grupos
  • Meditação
  • Educação Musical
  • Musicoterapia
  • Arteterapia
  • Performance Artística
  • Retiros Espirituais
  • Rituais Xamânicos
  • Rodas de Cura
  • Viagens
  • Círculos de Amigos

Quando toco minhas flautas, minha intenção é permitir que a música da cura venha através de mim. então eu me torno a flauta oca e a música me toca.

Marina Raye

Na Era do autoconhecimento, o resgate da expressão espontânea e a cura pelo som faz-se cada vez mais presente. A flauta é um caminho maravilhoso para este despertar. Cada vez mais, a física quântica e os estudos da cimática, aproximam-se dos mitos nativos de origem, que em sua linguagem simbólica, revelam o som como criador de mundos, que ao romper as barreiras sônicas, criaram-se os elementos e todas as formas de vida existente.

A flauta de cana do rio (River Cane Flute) é um instrumento vital na cultura, história e cerimônias dos povos que viveram nas margens do rio Colorado e rio Gila, como os Navajos, Hopis, Hualapai, entre outros, em alguns mitos de origem destes povos, um longo cano de bambu foi usado para furar e passar do mundo subterrâneo até chegar no mundo em que vivemos.

Acredito que nossos ancestrais, ao observar a natureza e com profundo anseio de comunicar-se e interagir com ela, perceberam que a voz, nosso primeiro instrumento, não era suficiente, pense que o osso da mandíbula que possibilitou nossa forma de expressão vocal faz uns 60 mil anos. Então criaram instrumentos de sopro que pudessem estender a voz nos tons dos seres da natureza, como pássaros, baleias, etc…

Na região dos povos Anasazi, antecessores dos povos Pueblos, situados na vasta região onde hoje é o Arizona, Colorado, Utah e Novo México, chamado de ‘os quatro cantos’. Havia um Mito conhecido principalmente nas culturas Hopi e Navajo por Kokopelli.

Kokopelli, com sua flauta e sua aparente corcunda, está representado nos mais antigos petróglifos do Sudoeste da América do Norte com cerca de 3000 anos. Uns se referem a ele como um sábio, um mágico, um contador de histórias, um trickster, um curador, um professor, um comerciante, um Deus da Colheita. Mas a unanimidade está no poder de fertilidade, assegurando o sucesso em colheitas, do crescimento, e na concepção humana. Era muito evocado na época de plantar milho, para assegurar uma boa colheita. Os Navajos o consideram o Deus da Colheita e da Abundância. Os Zuni como um sacerdote da Chuva. Outros consideram-no como um guia espiritual com poder de cura real. Existem várias lendas a seu respeito.

Escolha um modelo! Encomende sua Flauta Nativa!

Toque a partir do coração; a flauta é uma canção do coração... como uma doce oração, e isso lhe ensinará, assim como você ensina a si mesmo

Mato Wambli

O Termo flauta nativa

Usamos o nome “Flauta Nativa” para remeter ao estilo de flauta criado pelos nativos Norte Americanos, preservando a forma artesanal desenvolvida por eles, resgatamos e preservamos a estrutura básica de criação, sonoridade e anatomia geral, com liberdade para inovar. Fazemos constantes pesquisas em fontes da arqueologia, histórias e mitos de origem, para trazer a essência nativa dos instrumentos que criamos, honrando as tradições, criando e inovando a partir desta herança sagrada. Quando aqui você lê “Flauta Nativa”, falamos de flautas étnicas artesanais contemporâneas criadas por Ralph Ashar. Produzindo flautas artesanais, com amor e dedicação, buscamos aliar tradição com inovação sem perder a essência do Sopro Ancestral! Cada flauta é única é não existe outra igual!

O grande diferencial das flautas criadas no estilo da “Flauta Nativa Americana”, é o sistema de sopro, onde a chaminé ou apito da flauta é feito de uma forma que não necessita de embocadura para tocar, desta forma, qualquer pessoa consegue tocar de primeira, o segundo diferencial dela, é a escala pentatônica menor, considerada uma escala extremamente melódica e universal, o que facilita o improviso e a expressão musical espontânea.

Participe das Vivências de Flauta Nativa

MÓDULO I - Iniciação:
Feitio e Consagração

A vivência de Iniciação é uma jornada de criação e consagração da flauta nativa. Nesta vivência a proposta é contextualizar e imantar o instrumento com a energia e intento pessoal de cada participante, honrando o nascimento da sua flauta sagrada.

  • Uma flauta por participante
  • Duração 8 horas
  • Limite 12 participantes
  • Abertura e Intento
  • Histórias das flautas
  • Origens das flautas
  • Anatomia das flautas
  • Feitio
  • Consagração
  • Postura e respiração
  • Escala
  • Digitação

MÓDULO II - SOPRO:
Práticas e Improviso

A vivência Sopro foi pensada para quem deseja ter contato com a flauta ou já possua sua flauta. Nesta vivência a proposta é estimular a autoexpressão musical e ensinar técnicas para tocar de forma espontânea em qualquer situação.

  • Duração 8 horas
  • Limite 12 participantes
  • Anatomia das flautas
  • Postura e Respiração
  • Escala
  • Digitação
  • Tecitura da Escala
  • Tempo das Notas
  • Ornamentos
  • Estrutura
  • Ritmo
  • Improviso
  • Acompanhamento

O Módulo I inclui uma flauta para o participante, no Módulo II poderá levar sua flauta, caso ainda não tenha, poderá adquirir no dia da vivência por um valor especial.

Círculo de Flauta Nativa

O Círculo de Flauta é uma vivência de encontros regulares com pessoas interessadas em conhecer e desenvolver sua autoexpressão musical com as flautas nativas e compartilhar seus processos em grupo. Nestes encontros o praticante já possui a flauta, ou poderá solicitar emprestada no dia do encontro.

  • Duração 4 horas
  • Relaxamento
  • Exercícios Respiratórios
  • Treino de Escalas
  • O Som da Escala
  • Dinâmicas, sessão das notas
  • Articulações
  • Ritmo
  • Tecitura da Escala
  • Ornamentos
  • Estrutura
  • Exercícios 
  • Improvisos
  • Acompanhamentos
  • Partilhas

A flauta estilo NAF (Nativa Americana) é muitas vezes usada como musicoterapia, em pesquisa recentes nos USA, onde estas flautas são muito populares, seu uso tem demonstrado grande melhora nas medições de resiliência ao estresse, asma, ansiedade, além de estresse pós traumático. Ela também tem demonstrado eficiência na luta contra a depressão. Em geral, encontros de improviso com a flauta demonstraram aumentar a produção de células de combate ao câncer.

Para levar nossas vivências ao seu Espaço, entre em contato!
Será uma enorme alegria compartilhar este lindo caminho de cura pelo Som:

GET STARTED

0$

AHOOW!! Gratidão em breve retornaremos!!

Seus Dados de Contato

Você precisa de preencher estes campos para continuar

AVANÇAR

Vivência que lhe Interessou?




Você precisa de preencher estes campos para continuar

AVANÇAR

Quase lá!

Summary

DescriçãoInformaçãoQuantidadePreço
Desconto:
Total :

ENVIAR

Quem Faz?

eu-flauta

Ralph Ashar é arteterapeuta e artesão de flautas, pesquisador de culturas nativas e psicologias do inconsciente. Desenvolve vivências integrativas embasadas em práticas expressivas, terapêuticas e xamânicas em ressonância com a matriz criativa universal.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
WhatsApp