Escuta a flauta de bambu, como se queixa,

Lamentando seu desterro:

Desde que me separaram de minha raiz,

Minhas notas queixosas arrancam lágrimas de homens e mulheres.

Meu peito se rompe, lutando para libertar meus suspiros,

E expressar os acessos de saudade de meu lugar.

Aquele que mora longe de sua casa

Está sempre ansiando pelo dia em que há de voltar.

Ouve-se meu lamento por toda a gente,

Em harmonia com os que se alegram e os que choram.

Cada um interpreta minhas notas de acordo com seus sentimentos.

Mas ninguém penetra os segredos do meu coração.

Meus segredos não destoam de minhas notas queixosas,

E no entanto não se manifestam ao ouvido sensual (…).

O lamento da flauta é fogo, e não puro ar.

Que aquele que carece desse fogo seja tido como morto!

É o fogo do amor que inspira a flauta,

É o amor que fermenta o vinho.

A flauta é confidente dos amantes infelizes;

Sim, sua melodia desnuda meus segredos mais íntimos (…)

 

Sufista Flauta Ney
Neyzen, Fausto Zonaro

  O primeiro livro do Masnavi abre-se com o belo prólogo do lamento da flauta. O Masnavi é uma série de seis livros de poesia que agregam aproximadamente 25 000 versos ou 50 000 linhas. É um texto espiritual que ensina os sufistas a alcançar o seu objetivo de estar realmente apaixonado por Deus. O Masnavi é uma coleção poética de anedotas e histórias derivadas do Alcorão, fontes de hadices e histórias diárias. As histórias são contadas para ilustrar um ponto e cada moral é discutida em detalhes. Incorpora uma variedade de sabedoria islâmica, mas centra-se principalmente em enfatizar a interpretação interna sufista pessoal.

 Rumi (1207-1273) foi um poeta e mestre espiritual persa do século XIII. Rumi passou a maior parte dos últimos anos de sua vida dedicado em terminar sua obra prima do sufismo (sabedoria mística e contemplativa do Islão) “Masnavi”, que é uma das obras mais conhecidas e influentes do sufismo.

 

 

 

 

 

Referências:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Jalaladim_Maom%C3%A9_Rumi

https://pt.wikipedia.org/wiki/Masnavi_Espiritual

http://www.ihu.unisinos.br/78-noticias/599190-o-mar-da-unidade-roteiro-livre-para-a-leitura-do-masnavi-de-rumi

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estamos produzindo com prazo estendido  Saiba mais